Barra Acontece – Ano 5 –As Noticias Fluindo das Correntezas dos Rios: Grande e Velho Chico

No banco de réus do STF, Bacelar diz que é inocente e confia na Justiça do Brasil

Publicado em: 12/2/2020
No banco de réus do STF, Bacelar diz que é inocente e confia na Justiça do Brasil

Foto: Reprodução / Pablo Valadares / Câmara dos Deputados

Após a Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) aceitar nesta terça-feira (11) a denúncia para tornar João Carlos Bacelar (PL) réu por supostamente usar dinheiro da Câmara Federal para pagar o salário de uma empregada doméstica em Salvador (saiba mais aqui), o deputado federal baiano afirmou que é inocente e que confia na Justiça. 

 

Para Bacelar, o recebimento da denúncia por peculato não significa reconhecimento de culpa. Ao jornal Estado de S.Paulo, o parlamentar disse que as acusações não são verdadeiras. “Sou inocente, ainda não fui julgado, e confio na Justiça Brasileira, tenho convicção que minha inocência será declarada pelo Poder Judiciário na oportunidade do julgamento”, falou Bacelar. 

 

Segundo a Procuradoria-Geral da República (PGR), a denúncia apresenta provas que mostram que, desde o primeiro mandato de Bacelar, em 2007, o deputado federal usava recursos públicos para pagar os salários da empregada doméstica Maria do Carmo Nascimento e da secretária Norma Suely Ventura, que trabalhavam, respectivamente, na casa e na empresa da família Bacelar em Salvador. O documento destaca que as duas jamais exerceram o cargo de secretária parlamentar. Maria do Carmo, por exemplo, trabalha para a família Bacelar há mais de 15 anos.

  • Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *