Barra Acontece – Ano 10 –As Noticias Fluindo das Correntezas dos Rios: Grande e Velho Chico

Perícia da PF conclui que vídeo da reunião ministerial de 22 de abril não foi editado

Publicado em: 08/9/2020
Perícia da PF conclui que vídeo da reunião ministerial de 22 de abril não foi editado

Foto: Marcos Corrêa/PR

Uma perícia feita pela Polícia Federal concluiu que não houve adulteração na gravação da reunião ministerial de 22 de abril entregue pelo Palácio do Planalto à Polícia Federal.

 

Foi nela que o presidente Jair Bolsonaro manifestou sua intenção de interferir na PF para blindar sua família de investigações conduzidas pela corporação (relembre), segundo o ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro.

 

De acordo com o colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo, o material é parte importante no inquérito aberto pela PF para investigar a denúncia de Moro.

 

Na mesma reunião, o presidente ainda xingou governadores e disse que gostaria de armar a população, enquanto o ex-ministro da Educação, Abraham Weintraub, chamou os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) de vagabundos.

  • Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *