Barra Acontece – Ano 10 –As Noticias Fluindo das Correntezas dos Rios: Grande e Velho Chico

Flávio Bolsonaro diz que denúncia do MP-RJ contra ele tem ‘série de erros bizarros’

Publicado em: 04/11/2020
Flávio Bolsonaro diz que denúncia do MP-RJ contra ele tem 'série de erros bizarros'

Foto: Jefferson Rudy/ Agência Senado

Denunciado pelo Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ), o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) disse que a peça apresentada à Justiça possui uma “série de erros bizarros”. A denúncia foi registrada no último dia 19, mas a divulgação foi feita apenas na madrugada desta quarta-feira (4), quando o foco do noticiário está na apuração das eleições dos Estados Unidos.

 

Ao dizer que não cometeu “nenhuma irregularidade”, o parlamentar usou o Instagram para destacar os “erros” do MP. “A quebra ilegal de sigilos e sem nenhum fundamento [pessoa que trabalhou três meses teve sigilo quebrado por 12 anos], ‘fishing expedition’, uso do Coaf como o?rga?o investigador, informalidade nas trocas de informac?o?es entre o?rga?os pu?blicos, ca?lculo errado de evoluc?a?o patrimonial, acusac?o?es mentirosas contra pessoas que trabalhavam, suspeita de uso de ‘senhas invisi?veis’ por criminosos dentro da Receita Federal para distorcer informac?o?es fiscais”, elencou em postagem feita no Instagram, na manhã de hoje.

 

Para ilustrar o texto, ele usou uma imagem do jornalista Octávio Guedes, da Globonews, supostmente obtendo informações sigilosas do caso com o chefe do MP. O senador finaliza a mensagem, dizendo que sequer acredita que a denúncia será aceita pelo órgão Especial do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro.

 

De acordo com o portal Metrópoles, a assessoria dele disse que a denúncia já era esperada, mas que ela não se sustenta por vícios processuais e erros de narrativa e matemáticos, além de ser desprovida de qualquer indício de prova.

 

O primogênito de Bolsonaro foi denunciado por peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa no processo que apura a existência de um esquema de “rachadinha”, com a devolução do salário de assessores. Além dele, seu ex-assessor parlamentar Fabrício Queiroz e outras 15 pessoas foram denunciadas (saiba mais aqui).

  • Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *