Barra Acontece – Ano 5 –As Noticias Fluindo das Correntezas dos Rios: Grande e Velho Chico

Prefeitura pode aportar recursos para manter Sagrada Família funcionando após pandemia

Publicado em: 15/9/2020

por Bruno Luiz / Nuno Krause

Prefeitura pode aportar recursos para manter Sagrada Família funcionando após pandemia

Foto: Divulgação

A Prefeitura de Salvador quer encontrar uma forma de manter o funcionamento do Hospital da Sagrada Família, localizado no Bonfim, após a pandemia do novo coronavírus. Em entrevista coletiva que apresentou o balanço após 180 dias de combate ao novo coronavírus, nesta terça-feira (15), o prefeito ACM Neto ressaltou a importância da unidade, e lamentou a condição anterior do local.

 

“Antes de a prefeitura assumir, o Sagrada Família tava funcionando de maneira muito precária”, disse o gestor da capital baiana.

 

Segundo apurou o BN junto à Secretaria Municipal de Saúde (SMS), ainda não se sabe se a prefeitura passaria recursos para o hospital, ou se assumiria os serviços de forma geral.

 

Durante a pandemia, o Sagrada Família funciona com uma unidade de saúde de emergência exclusiva para o combate à doença. A unidade dispõe de 75 leitos, sendo 20 de UTI e 55 de enfermaria, e atua com funcionamento de 24 horas.

 

Neto ainda explicou que os profissionais contratados por causa do aumento da demanda na rede pública terão seus cargos mantidos. 

 

Na coletiva, o prefeito destacou também a continuidade do funcionamento das 12 Unidades de Saúde Familiar (USFs) e da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Santo Antônio, localizada no Largo de Roma, que foram inauguradas em meio à Covid-19. Elas já estavam previstas para serem instauradas em Salvador, mas o coronavírus fez com que o processo fosse antecipado.

 

Essas unidades não funcionarão apenas para atender pacientes da Covid-19. “Vamos lançar um chamamento público para oferecer um conjunto de procedimentos especializados, reforçando a rede de assistência especializada que vai ficar para depois da pandemia”, reforçou Neto.

 

As unidades que funcionam nas ilhas de Maré, Bom Jesus do Passo e Paramana continuarão com atendimento 24 horas em todos os dias da semana. Antes da pandemia, elas funcionavam por 18 horas nas sextas, sábados e domingos. 

 

Veja as unidades que manterão os serviços após a pandemia, com atendimentos especializados: USF Teotônio Vilela II (Subúrbio); USF Vila Canária (Pau da Lima), USF Fazenda Grande III (Cajazeiras); USFs Padre Maurício Abel, Antônio Ribeiro Neiva e Claudelino Miranda (Cabula/Beiru); USFs San Martin III e Iapi (Liberdade); USF Imbuí (Boca do Rio); USFs Itapuã e Jardim Campo Verde (Itapuã); USF Pirajá (São Caetano/Valéria) e a UPA Santo Antônio. 

  • Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *